Os benefícios da aromaterapia

Controla a ansiedade, elimina o estresse e combate a insônia

Por Marisa De Lucia


Para quem ainda não ouviu falar, a aromaterapia consiste em tratar algumas doenças com a ajuda de óleos extremamente concentrados que contêm as substâncias que dão perfume às plantas e flores.

As aplicações desses óleos essenciais são inúmeras, mas eles são mais utilizados em massagens e compressas podendo também ser inalados ou colocados na água de banho. 
Alguns desses óleos tonificam o organismo e favorecem o bom humor, outros estimulam e regulam as principais funções do corpo e tem ainda os que funcionam como um calmante tanto para o corpo como para o espírito.

Ao serem inalados, esses óleos atingem uma área do cérebro responsável pelos sentimentos e, por isso, são muito eficazes no tratamento de problemas de ordem emocional.

O gerânio, por exemplo, possui propriedades antissépticas eficazes contra infecções causadas por vírus e fungos. Já o limão é apreciado por suas propriedades desintoxicantes, e o eucalipto por transmitir sensações de bem-estar e harmonia.
Os óleos podem ser usados de diversas maneiras como sabonetes, escalda-pés, óleos de massagens e aromatizador de ambiente, mas não pode ser aplicado diretamente na pele.

Veja alguns exemplos de óleos: 

Gerânio – Ideal para problemas urinários e infecções virais ou por fungos e bactérias.
Limão – Indicado nos problemas circulatórios, acne, hipertensão e para desintoxicar.
Eucalipto – Combate edemas e alivia dores musculares.
Camomila – Ótimo para depressão e dor de cabeça.
Manjerona – Para quem sofre de enxaquecas e cólicas.