Lutando contra a preguiça

Muitas pessoas querem cuidar da saúde, mas têm aversão por exercícios físicos

Marisa De Lucia


Mesmo sabendo que a atividade física é fundamental para a preservação da saúde e melhora da qualidade de vida, muitas pessoas deixam de lado a prática esportiva seja por preguiça, falta de tempo, ou até mesmo aversão. E, ainda por cima, se esquecem de que a rotina sedentária pode trazer incontáveis danos ao organismo, além de contribuir para a elevação de peso.

Diversos estudos científicos comprovam a eficácia dos exercícios físicos e evidenciam seus benefícios desde o sistema cardiovascular, respiratório até o digestivo, trazendo mais energia, melhorando o humor e reduzindo o risco do desenvolvimento de doenças crônicas.

E mais: além de fazer bem ao corpo, a atividade física beneficia a mente, pois ajuda a eliminar a tensão emocional, evita o estresse e trata a depressão. Como se não bastasse, melhora também a capacidade mental, a memória e regulariza o sono, sem contar que estimula a produção de endorfina, uma substância fabricada pelo cérebro que gera a sensação de bem-estar e alívio das dores.

Untitled-1.jpg

Ainda assim, quantas e quantas pessoas não passam por academias por apenas alguns meses e deixam de lado as atividades físicas, mesmo conscientes do que estão perdendo. Mas não é só nas academias que podemos melhorar nosso condicionamento físico. Podemos optar por caminhadas regulares, praticar algum esporte ou mesmo praticar uma atividade prazerosa como a dança, por exemplo.

Se você precisa perder peso, deve caminhar pelo menos uma hora por dia. Depois de algum tempo pode partir para um trote leve e até uma corrida mais longa. Mas é sempre importante aquecer o corpo com alongamentos antes de qualquer exercício.

Já quanto à escolha do horário para a prática da atividade, isso vai depender dos costumes de cada um. O importante é que essa atividade seja feita com prazer e não como uma obrigação diária.