Visagismo cuida da estética a partir do temperamento da pessoa

Livro traz orientações para estudantes e profissionais de beleza

Por Marisa De Lucia


O livro “Visagismo: harmonia e estética” do artista plástico e educador Philip Hallawell traz orientações para maquiadores e cabeleireiros sobre a arte de transformar o rosto e o corte do cabelo.

Este livro é indicado para cabeleireiros, maquiadores, profissionais de beleza e estudantes do visagismo -arte de embelezar ou transformar o rosto- utilizando cosméticos, tinturas e o corte do cabelo.

site.jpg

De acordo com Hallawell, o uso da linguagem visual na maquiagem e no corte de cabelo é importante para manter a apresentação social respeitada. O princípio do visagismo é justamente essa criação de imagem pessoal firme, partindo do pressuposto que a beleza é a manifestação da harmonia da vida.

Analisando o formato do rosto, profissão, situação pessoal, tom de pele e até gostos pessoais é possível contribuir para a auto-estima da pessoa que acaba procurando ajuda nas clínicas de estéticas, salões de beleza e spas. “Os profissionais devem estar antenados para essa situação”, alerta Hallawell.

Sua obra é útil também para os que querem conhecer princípios básicos de harmonia e estética do rosto, mostrando com detalhes como criar efeitos por meio da linguagem visual e da criatividade, fugindo das fórmulas e soluções padronizadas.

Hallawell apresenta diferentes tipos de comportamentos e temperamentos pesquisados no ser humano, classificando-os em quatro grupos:

  • Sanguíneo – Pessoas comunicativas, afetivas, impulsivas e extrovertidas;
  • Clérico – Pessoas determinadas, persistentes, teimosas e insensíveis;
  • Melancólico – Geralmente pessoas pensativas, habilidosas, organizadas e perfeccionistas;
  • Fleumático – São as pessoas diplomáticas; adaptáveis, indecisas e despojadas.

O educador acredita que, com essas dicas, os profissionais de estética terão mais facilidade em criar seu próprio marketing pessoal. “Todos passarão a se preocupar mais com as cores, linhas de rosto, cortes de cabelo e comportamentos, entre outros conceitos que revelam a personalidade de uma pessoa”, diz ele.

O livro “Visagismo: harmonia e estética” de Philip Hallawel, lançado pela Editora SENAC São Paulo, traz assuntos de estética; beleza; cosmetologia; beleza corporal; cuidados com a pele; face e percepção visual.

Higiene com os alimentos

Higiene e cuidado com alimentos evitam doenças

Por Marisa De Lucia


Uma cozinha sem higiene não inspira cuidados só nos restaurantes, mas também em casa. Afinal, a falta de limpeza pode causar doenças graves.

Algumas pessoas não param para pensar, mas restos de alimentos deixados em cima da pia ou no chão atraem baratas e ratos, que só são efetivamente combatidos se o ambiente permanecer limpo.

site.jpg

A sujeira prolifera micróbios e bactérias, responsáveis por estragos na saúde, que variam desde uma simples diarréia até cólera, doença que pode levar à morte.

Em relação aos alimentos, esses devem ser higienizados com cuidado e manipulados com as mãos bem limpas. As frutas, os legumes e as verduras devem ser lavados em água corrente e, para se ter certeza de que estarão livres de bactérias, imersos em sal e vinagre.

Ao abrir um alimento, procure guardá-lo bem fechado e em local fresco, alguns em geladeira. E se encontrar qualquer corpo estranho dentro da embalagem, denuncie à Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Para que os ovos crus não provoquem a infecção Salmonelose -que causa diarreia e outros sintomas abdominais- mantenha-os bem refrigerados. Os ovos rachados devem ser jogados fora e os cozidos consumidos no mesmo dia que foram preparados.

Algumas redes de supermercados têm por costume desligar o freezer no período noturno, para economizar energia, o que faz com que os alimentos sejam resfriados e aquecidos por várias vezes. Um perigo!

Por isso, não compre alimentos cujas embalagens estejam molhadas e se desfazendo, ou carnes que estiverem com coloração escura ou com sangue em suas bandejas. O ideal é pedir para cortar ou moer a carne na hora da compra.

Estes são alguns cuidados simples, mas que, com certeza, evitarão problemas para sua saúde.

Como surgiram os depiladores

Em 1500 a.C. o depilador era feito de sangue de diversos animais

Por Marisa De Lucia


Pouca gente sabe, mas de acordo com a história, a depilação com fins estéticos data de 1500 a.C e foi praticada por muitas civilizações. Assim como os cremes depiladores, que também são mencionados em todas as épocas.

site.jpg

Conta-se que na Antiguidade os homens removiam os pelos com um depilador feito de sangue de diversos animais, gordura de hipopótamo, carcaça de tartaruga e trissulfeto de antimônio (oxidante).

Parece até mentira, mas os romanos se referem a composições depiladoras que continham soda cáustica! As mulheres gregas, por exemplo, levavam a vaidade ao ponto de arrancar os pelos pubianos com as mãos e queimá-los com cinzas quentes.

Já as mulheres árabes preparavam um xarope, feito de partes iguais de açúcar e de suco de limão com água, espalhando-o sobre a pele e deixando-o secar para depois extrair os pelos. Técnica esta semelhante à da cera, inventada por Peronet, em Paris, no ano de 1742.

Hoje existe uma grande variedade de depiladores e formas de se depilar. A grande procura por depiladores à base de própolis -substância derivada das resinas e colhida pelas abelhas- se deve ao fato de ser um produto essencialmente natural e livre de reações colaterais.

Para se ter uma ideia, a própolis já era usada na Antiguidade por médicos egípcios, em cirurgias, por suas qualidades anestésicas e cicatrizantes. Daí ter sido difundida em todo o mundo, graças aos incontáveis benefícios que traz para o organismo na cura de doenças.

A própolis é composta por 50% de resinas com bálsamo de composição aromática; 30% de cera; 10% de pólen; 10% de óleos entéricos além de gorduras, ácidos amicticos e ácidos orgânicos. Isso sem contar que possui vitaminas de complexo B, C, E, H, provitamina A, flavonóides, enzimas e antibióticos, entre outros elementos.

Como surgiu o sabonete?

E pensar que seu primeiro aroma era de óleo de oliva

Por Marisa De Lucia


Primeiro surgiu o sabão, inventado pelos fenícios em 600 a.C. Mais tarde, os espanhóis acrescentaram óleo de oliva para dar um cheiro mais suave. Mas quem deu o nome de sabonete foram os franceses da cidade de Savona, de onde tiraram a palavra Savon (sabão) e Savonnette (sabonete no diminutivo).

site.jpg

Conta-se que para fazer o sabão, os fenícios ferviam água com banha de cabra e cinzas de madeira, o que o tornava mais pastoso. Já o sabão sólido só apareceu no século VII, quando os árabes descobriram o processo de saponificação, uma mistura de óleos naturais, gordura animal e soda cáustica, que endurece depois de fervida.

Em 1878, Harley Procter, dono de uma fábrica de velas e sabão, disse para seu primo, o químico James Gamble, que queria produzir um sabão branco, cremoso e delicadamente perfumado. Assim se chegou à nova fórmula, que produzia uma rica espuma e tinha uma consistência homogênea.

Logo que inventaram a luz elétrica, Harley Procter previu que a eletricidade poderia acabar de uma vez com o seu lucrativo negócio de velas, e decidiu então promover o seu novo sabão inventando em 1978 o “Roger & Gallet”, primeiro sabonete redondo, envolto artesanalmente em papel drapeado.

Consta que o sabonete mais antigo, que é comercializado até hoje, é o Lux, cuja primeira fabricação data de 1925. No Brasil, ele chegou em 1932, com o nome de Lever, empresa que o fabricava. A primeira representante da marca foi a atriz Claudette Colbert, que interpretou Cleópatra no cinema, em 1934.

O slogan “sabonete das estrelas de cinema” veio da matriz da Lever, nos Estados Unidos, a partir da década de 50, uma vez que teve como garotas propagandas Elizabeth Taylor, Lana Turner, Ava Gardner, Dorothy Lamour, Judy Garland,  Rita Hayworth, Grace Kelly, Joan Crawford, Kim Novak e Gina Lollobrigida, entre outras.

Você sabe qual é a melhor franja para seu tipo de rosto?

Uma franja inadequada poderá estragar seus cabelos

Por:Marisa De Lucia


Que as franjas estão em alta, não há dúvidas. Mas se a sua franja não combinar com seu tipo de rosto pode causar um grande estrago em sua aparência.

Se você tem o rosto redondo, evite a franja reta. Uma franja comprida caída na lateral poderá alongar o seu rosto.

Já se seu rosto tem o formato quadrado, a melhor opção são as franjas mais longas e picotadas nas pontas. Nesse caso, evite franjas curtas.

Para que tem rosto triangular as franjas retas, bem acima das sobrancelhas valorizam mais os traços do rosto.

Já para quem tem o rosto ovalado, qualquer tipo de franja fica bem. Tantos as mais curtas como as longas, caídas na lateral. Daí resta saber qual estilo combina mais com seu jeito de ser.

site.jpg

Foi nos anos 60, com as celebridades, que a franja começou a fazer um grande sucesso. Hoje voltou à tona e até os homens estão usando, copiando a moda lançada por Bill Gates. É grande o universo de jovens executivos que aderiram a moda das franjas picotadas, desfiadas, espetadas ou mesmo as mais retas e até as caídas na lateral.

Entre as jovens atrizes que aderiram a franja mais recentemente estão Giovanna Antonelli com sua franja lateral e Carolina Dieckmann com sua franjinha reta bem rente aos olhos.

A agenda do corpo

Saiba os melhores horários para praticar as atividades do dia-a-dia

Por:Marisa De Lucia


Você sabia que é bem melhor ir ao dentista na parte da tarde, quando a sensibilidade à dor é menor, e fazer a barba às 8h da manhã quando as plaquetas que levam à coagulação sanguínea são mais abundantes? E que participar de reuniões logo após o horário do almoço não é produtivo? Pois é, a agenda de nosso corpo nem sempre bate com os compromissos que agendamos no dia-a-dia.

Da escritora Jennifer Ackerman, o livro “Sex Sleep Eat Drink Dream” (Sexo dormir comer beber sonhar) traz os melhores e piores horários para praticar as atividades do dia-a-dia. Segundo a autora, se observarmos esse relógio biológico, instalado no hipotálamo, passaremos a respeitar mais as necessidades de nosso corpo e, consequentemente, viveremos melhor.

Sabendo ou não os que participam, o “happy hour”, por exemplo, é realizado no horário em que o fígado metaboliza melhor o álcool, isto é, por volta das 17h, 18h. Já, se for dirigir, esqueça os horários da 1h às 4h e das 13h às 16h, quando há mais chances de se cair no sono.

site.jpg

Quanto à fertilização, os níveis de testosterona atingem seu ápice às 8h, horário em que os homens estão mais estimulados para a atividade sexual. No entanto, o sêmen tem maior qualidade à tarde, com 35 milhões de vezes mais espermatozóides.

Já os exercícios devem ser praticados no final da tarde, quando as juntas estão mais flexíveis e as vias aéreas mais abertas, e é possível ganhar 20% a mais de massa muscular.

Portanto, repense seus horários!

Você sabia como surgiu o filtro solar?

Sabe-se que o mais antigo era feito de mamona

Por:Marisa De Lucia


Quem pensa que essa preocupação toda com a proteção da pele é recente está muito enganado. Desde as antigas civilizações os médicos recomendavam a exposição à luz solar como uma forma de evitar doenças, mas essa exposição deveria ser moderada porque o sol em excesso fazia e faz mal à saúde.

No Egito antigo havia diversos inventos do filtro solar, sendo o mais antigo o feito de mamona, em 7800 a.C. Na lista egípcia havia extrato de magnólia, jasmim e óleo de amêndoa. Já na Grécia, 400 a.C., na realização dos Jogos Olímpicos alguns atletas competiam nus em certas modalidades, utilizando uma mistura de óleo de Oliva e areia para se protegerem dos raios nocivos do sol. A moda do bronzeamento só teve início em 1930, na França, Mas alguns anos antes já constavam registros de protetores feitos em escala comercial nos Estados Unidos e na Austrália.

Untitled-1.jpg

O primeiro protetor realmente eficaz foi desenvolvido somente em 1944, pelo americano Benjamin Greene. Por ver as queimaduras na pele dos soldados que voltavam da Segunda Guerra Mundial ele decidiu criar algo que pudesse ser útil na proteção da pele contra os raios nocivos do sol. Esse protetor solar era à base de petróleo, de cor vermelha e um tanto viscosa, foi então batizada a marca de Coppertone. Ao longo do tempo os protetores foram aprimorados, apresentando diversas versões, inclusive para todos os tipos de peles. Atualmente, o filtro solar se tornou um recurso indispensável na prevenção do câncer de pele, causado em especial pelo aquecimento global.

Os gregos antigos já tentavam se proteger do sol besuntando a pele com azeite, mas isso só resultava numa leve fritura. Só em 1944 surgiu o primeiro filtro solar eficiente e o estopim da invenção foram as queimaduras que os soldados aliados sofriam nos campos de batalha da 2ª Guerra Mundial.

A importância da água no organismo

Pesquisas apontam que a população não consome a quantidade necessária.

Por:Marisa De Lucia.


Todo mundo sabe que é necessário tomar pelo menos dois litros de água por dia para se manter saudável, mas ainda assim as pessoas insistem em não beber água, dizendo não gostar de água ou que se esquece de tomar. Embora a água seja fundamental para a saúde, muitas pesquisas apontam que a população não consome a quantidade necessária.

Somente compreendendo o papel dela no organismo é que passamos a entender porque a água é tão importante. Mais de 75% do nosso cérebro são compostos por água, assim como aproximadamente 80% do sangue e 70% dos músculos.

A água é responsável por regular a temperatura corporal; remover produtos indesejáveis do metabolismo; transportar nutrientes e oxigênio para as células; proteger as articulações; evitar a obstipação; reduzir o trabalho dos rins e fígado, ajudando a eliminar algumas toxinas do organismo; ajudar a solubilizar e permitir a utilização de vitaminas, minerais e outros nutrientes pelo organismo.

Untitled-1.jpg

Ingerir quantidades insuficientes de água pode causar a desidratação, que oferece risco à saúde, principalmente em crianças e idosos. Os sinais e sintomas de desidratação incluem cefaléia, dificuldade de concentração, fadiga e irritabilidade.

Um adulto perde cerca de 10 copos (2,4 litros) de líquido do organismo durante o dia através de suor, urina, fezes. Daí a quantidade ideal de copos de água para repor essa perda seria 10. Mas os alimentos sólidos também contêm água. Em uma dieta comum, os alimentos fornecem cerca de 3 a 4 copos de água por dia.

Você também pode ingerir parte da água através de outros líquidos como leite, sucos e sopas, mas deve tomar cuidado com o consumo de bebidas cafeinadas, álcool e refrigerantes.

Pedalar bicicleta diminui a ansiedade

E ainda contribui no tratamento contra a depressão

Por Marisa De Lucia


Um estudo, realizado por Sérgio Garcia Stella, pesquisador da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), indica que atividades aeróbicas com consumo moderado de oxigênio, como pedalar comedidamente uma bicicleta ergométrica, podem contribuir no tratamento contra ansiedade e depressão.

De acordo com o pesquisador, que atua no Programa de Pós-Graduação em Nutrição, exercícios mais intensos e atividades de lazer com baixo gasto calórico ajudam apenas a perder peso. O objetivo da pesquisa era testar as possibilidades de redução dos estados de ansiedade e depressão gerados pela obesidade.

Foram pesquisados 40 jovens adolescentes, de 14 a 19 anos de idade, divididos em quatro grupos. O primeiro grupo realizou exercício em bicicleta ergométrica durante uma hora, três vezes por semana, em intensidade moderada; o segundo fazia o mesmo exercício em ritmo bem maior; o terceiro grupo praticava esportes sem controle de intensidade e o último formou o grupo controle, ou seja, não participava de nenhuma atividade, sendo apenas analisados os hábitos alimentares junto aos demais.

O estudo apontou que os exercícios que mais trouxeram benefícios foram os mais moderados, que podem ser realizados facilmente pela maioria das pessoas. A conclusão dos autores do estudo, é que esses exercícios devem liberar substâncias químicas que favorecem o bem-estar emocional e mobilizam mais tecidos de gordura como fonte de energia.

Como cuidar da pele oleosa

Uma das recomendações é não lavar o rosto mais que duas vezes ao dia

Por Marisa De Lucia


Quem tem pele oleosa sabe que não é nada fácil manter a pele saudável e bonita, pois os poros dilatados deixam a pele brilhante e na maioria das vezes com cravos e espinhas.

Pesquisas apontam que a oleosidade da pele atinge entre 80% e 90% das mulheres jovens e é causada pela produção excessiva de sebo pelas glândulas sebáceas. Um estudo realizado na Holanda com mulheres entre 15 e 20 anos mostrou que um terço das mulheres que tinham pele oleosa manifestou alteração de sua auto-estima, tais como se sentir feia (35%), desconfortável (38%) ou com aspecto desleixado (39%).

Um dos principais motivos da pele oleosa é a hereditariedade, mas outros fatores como alterações hormonais na tireoide e nos ovários, o excesso de sol, alimentação inadequada e o estresse também contribuem pra agravar o problema.

Para cuidar da pele oleosa é necessário limpar, tonificar, hidratar, proteger do sol e ainda por cima saber escolher a maquiagem que for usar. Já nos casos mais graves é necessário recorrer a sessões de peelings e até mesmo fazer uso de medicamentos via oral. Mas, lembre-se, somente com a recomendação de um dermatologista.

Ao contrário do que se pensa, de que a pele oleosa deve ser lavada a todo instante, o ideal é não lavar o rosto mais que duas vezes ao dia, e sempre com água fria, para não estimular a produção de sebo. E mais: usar sabonetes neutros ou formulados especialmente para sua pele, com anti-sépticos e bactericidas.

Para tonificar, procure usar produtos adstringentes, sem álcool na fórmula, para fechar os poros e equilibrar o pH. Dessa forma, sua pele ficará calma e sedosa.
Já na hora de hidratar, é ideal fazer uso de hidratantes e filtro solares livres de óleo e produtos à base de ácidos como o retinoico, dede que indicados por um dermatologista.

Os hidratantes com filtro ajudam a retardar o envelhecimento. Já se for usar um protetor solar em cima do hidratante escolha em forma de gel.

Na hora da maquiagem é importante evitar os pós faciais compactos, pois ressecam a pele e obstruem os poros aumentando a oleosidade e acelerando o surgimento das indesejáveis espinhas.

Finalmente, para retirar a maquiagem a noite é aconselhável usar demaquilante sem álcool e fazer uma esfoliação suave uma vez por semana ou a cada 15 dias.